Notícia -A A +A

SAFARI “À Descoberta do Pico Queimado” Notícia OVGA – 24/07/2020

Pico do Sapateiro ou Pico Queimado – Ribeira Seca

 

O Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores (OVGA) irá realizar no dia 29 de julho uma curiosa viagem geológica ao cimo do Pico do Sapateiro, na Ribeira Grande, um dos mais emblemáticos relevos do Complexo Vulcânico do Fogo, na ilha de S. Miguel. O trilho decorre desde a base do domo de traquito até ao cume onde se desenvolveram vistosos repuxos de lava basáltica em 1563. Dessa boca vulcânica brotaram 2 correntes de basalto muito fluido. Uma meteu-se na linha de água vizinha e alcançou a Ribeira Seca, recobriu-a e atingiu o mar. A outra rumou a Rabo de Peixe mas não chegou a atingir o aldeamento de então. Todas estas particularidades serão dadas a conhecer ao longo do percurso que terá uma duração de 2h. No decorrer da caminhada realizar-se-ão diversas paragens onde será possível explorar diversos pontos de interesse, nomeadamente: a Fenda do Pico Queimado; o Algar do Pico Queimado; a Vista Panorâmica para a costa norte da ilha de S. Miguel; a Vista para o Vulcão do Fogo; a Vista para o Complexo Vulcânico dos Picos e Vulcão das Sete Cidades e Serra Devassa.

 

Esta ação requer inscrição obrigatória, através do email casadosvulcoes@gmail.com. O ponto de encontro será, às 09h30, no início do trilho do Pico Queimado ou Pico do Sapateiro - Km 3 da estrada secundária da Mediana, no sentido (Norte-Sul) Santa Bárbara-Cabouco (coordenadas GPS 37º 51´38,16 norte e 25º 51´8,49 oeste).

Reconstituição da erupção de 1563 no Pico do Sapateiro, vista da Ribeira Grande /Emanuel Carreiro e Victor H. Forjaz